Setembro é o mês de conscientização para a prevenção ao suicídio. A iniciativa tem o papel de alertar a importância e a valorização da vida para que pessoas que estão passando por momentos difíceis não cheguem a pontos extremos como o suicídio.

Tendo em vista que o fenômeno não escolhe origem, classe social, idade e entre outros, é extremamente importante conhecer como prevenir e reconhecer os sinais de alerta em si ou em alguém próximo a você. É certo que nada pode ser considerado de modo isolado e não há formula para detectar com exatidão.

Não devemos julgar ou interpretar falas de ideação suicida como “chantagem” mas sim como um risco de alerta real para o suicídio afinal devido a baixa autoestima e desesperança alguns discursos podem consistir em:

“Vou sumir do mundo”/ “Vou desaparecer”

“Vou acabar com esse sofrimento”/ “Vou deixar vocês em paz”

” Eu queria dormir e não acordar nunca mais”

” Eu queria morrer”/ “Eu queria estar morto (a)”/ “Eu quero me matar”

Então é necessário agir! Busque conversar com essa pessoa e ouça o que ela tem a dizer incentivando- a procurar ajuda de profissionais e serviços de saúde mental de emergência e ofereça a acompanhá-la para o atendimento. Evite deixá-la sozinha e favoreça um ambiente seguro, longe produtos químicos, objetos perfuro cortantes, arma de fogo, medicamentos e entre outros.

A Ayla entende que se você está passando pelo que descrevemos aqui, converse com alguém de sua confiança, não hesite pedir ajuda, você pode precisar de alguém que te acompanhe e te auxilie a entrar em contato com os serviços de suporte e se ainda assim você se ver sozinho, saiba que você não está sozinho, ligue 188, é gratuito e funciona 24h todos os dias da semana. Sua vida é muito importante, você é importante!

Fonte:

Ministério da Saúde, 2019

***Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone pelo 188, email e chat 24 horas todos os dias.

 

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *