O que é o câncer de mama

É uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama formando o que chamamos de tumor.

Cada tipo de tumor tem características diferentes, uns possuem crescimento acelerado enquanto que outros crescem de modo mais lento.

 

Fatores de risco

Idade  (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos);

Herança genética;

Exposição a determinadas substâncias e ambientes, como agrotóxicos, benzeno, campos eletromagnéticos de baixa frequência, compostos orgânicos voláteis, hormônios e dioxinas.

 

Importância da detecção precoce e autoexame da mama

A atitude atenta da mulher para com a sua saúde é fundamental para a detecção precoce do câncer da mama. É necessário observar constantemente as mamas, por exemplo, no momento do banho, ao trocar de roupa buscando possíveis alterações. O câncer muitas vezes é percebido pela própria mulher, através de achados sugestivos como, nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço; saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos.

É certo que cada sinal e sintoma deve ser avaliado por um profissional médico. Além disso, o Ministério da Saúde recomenda que a mamografia de rastreamento (exame realizado quando não há sinais nem sintomas suspeitos) seja ofertada para mulheres entre 50 e 69 anos, a cada dois anos.

Essa recomendação parte do principio de permitir a detecção precoce e favorecendo um tratamento menos agressivo uma vez que é identificado no inicio.

 

Prevenção

Prática de atividade física;

Alimentação balanceada e saudável;

Evitar e diminuir o consumo de bebidas alcoólicas;

Amamentação;

Evitar uso de hormônios sintéticos, como anticoncepcionais e terapias de reposição hormonal.

 

Todas as mulheres, independentemente da idade, precisam conhecer seu corpo para serem capazes de identificar o que está errado. E você, já fez seu autoexame hoje?

 

Fonte:

INCA, 2019 https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-mama

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *